Posted tagged ‘Vanderlei Luxemburgo’

Nada é tão ruim que não possa piorar

02/02/2012

Quando foi demitido do Atlético/MG, deixando o time praticamente rebaixado, pensei que o (ex)trategista Vanderlei Luxemburgo estava no fundo do poço, na cracolândia do futebol brasileiro. Aliás, já havia pensado isso quando ele assumiu o Atlético/MG, com todo respeito a um dos maiores clubes de Minas Gerais.

Mas o pior está por vir. Nada pode ser mais humilhante do que perder o cargo para Joel Santana. Meu Deus, parem as máquinas, exclamação. O que pode acontecer de ainda “mais pior” para aquele que já foi o melhor técnico disparado do Brasil, interrogação. Voltar ao Bragantino ou ao Paraná, interrogação. Ser chamado para A Fazenda 5, interrogação.

Embora tenha feito por merecer, tenho dó do Vanderlei.

Ah, e o Flamengo, aonde pensa que vai com o Joel Santana, interrogação. Será que o clube já está se preparando contra a disputa pela rabeira do campeonato brasileiro, já que Joel se especializou nesse tipo de missão no clube, interrogação.

Vinicius (ex)Avallone, é como se sua mulher o trocasse pelo guarda noturno do prédio

All in

11/28/2010

Acho que é pertinente dizer que o (ex)trategista chegou no fundo do poço.

Os últimos anos já tinham sido difíceis, mas o de 2010 foi o pior de toda a sua brilhante carreira. Chegou realmente o momento de repensá-la, pois do contrário veremos Vanderlei Luxemburgo no Bragantino a curto prazo.

Não a toa foi parar no Flamengo, clube símbolo da decadência e desorganização do futebol brasileiro, que neste ano mais uma vez ficou no quase (para cair), tornando evidente que o título brasileiro no ano passado foi um grande acaso.

A sua campanha no campeonato brasileiro é o maior sinal disso.

Quando foi demitido do Atlético/MG, Vanderlei Luxemburgo havia conquistado 21 pontos em 24 jogos, deixando o time na 18ª. colocação, na zona de rebaixamento. Se continuasse, o clube fatalmente cairia. O Atlético/MG, na época, estava 9 pontos atrás do Flamengo. Três rodadas depois o (ex)trategista assumiu o Flamengo, que vinha com 30 pontos, descrente da possibilidade de cair.

Faltando uma rodada para o término do campeonato brasileiro, o Atlético/MG ultrapassou o Flamengo na classificação e enfim conseguiu se livrar do rebaixamento. Dorival Jr. conquistou 24 pontos em 13 rodadas, mais do que Luxemburgo conseguiu em 24 partidas. Já no Flamengo, Vanderlei Luxemburgo ganhou 13 pontos em 10 jogos.

Ou seja, no campeonato brasileiro inteiro Luxemburgo conquistou 34 pontos em 34 rodadas. Considerando-se que se jogasse mais três jogos – para se igualar ao número de rodadas do campeonato brasileiro – Luxemburgo iria perder todos ou no máximo empatar um deles, a campanha do (ex)trategista seria pior do que a do Guarani, time que hoje está rebaixado.

Os fãs do (ex)trategistas – e eu sou um deles – só esperam que as coisas estejam indo bem nas partidas de poker. Quem sabe não seja prudente que o Vanlderlei Luxemburgo siga o caminho trilhado pelo ex-piloto Gualter Salles, que largou a carreira no automobilismo para atuar nas mesas de jogos.

Vinicius (ex)Avallone

Será que agora vai, interrogação

10/07/2010

O resultado dos dois últimos jogos está deixando o torcedor do Atlético/MG esperançoso.

Se o time realmente conseguir fugir da zona de rebaixamento, os méritos inevitavelmente devem ser atribuídos ao técnico Dorival Jr. Coincidência ou não, eventual reação terá ocorrido a partir da contratação do ex-amigo de Neymar.

E se isso acontecer de fato, só espero que Vanderlei Luxemburgo tenha um mínimo de humildade e não  tente  desmerecer o trabalho de Dorival Jr. Não diga, por exemplo, que se ele tivesse continuado no Atlético/MG o clube também não cairia.

Vinicius (ex)Avallone

Luxemburgo no Flamengo

10/06/2010

O (ex)trategista Vanderlei Luxemburgo foi trabalhar no Flamengo.

Sinal da decadência.

Mas de quem, interrogação.

Do técnico em aceitar trabalhar no Flamengo ou do clube em contratar Vanderlei Luxemburgo.

A resposta não é fácil.

O curioso da história é que o contrato do Vanderlei Luxemburgo foi acertado até o final de 2012, ou seja, quase 2 anos e seis meses. Parece que os clubes possuem uma adoração em pagar multas rescisórias.

Ora, todos sabem que Vanderlei Luxemburgo não vai durar 6 meses no Flamengo.

Vinicius (ex)Avallone

Livros de cabeceira

09/25/2010

“O que vou ler nos próximos meses.”

By Vanderlei Luxemburgo

Vinicius (ex)Avallone

Luxemburgo demitido outra vez

09/24/2010

No jogo em que o técnico Muricy resolveu jogar com dois atacantes, o Fluminense venceu o pobre Atlético/MG por 5 x 1. E de quebra derrubou Vanderlei Luxemburgo. Embora eu acredito que o que fez a diretoria decidir pela demissão do (ex)trategista não foi apenas a derrota para o Fluminense. Está na cara que o Atlético/MG tratou de agilizar o caminho para tentar agarrar Dorival Jr.

É a segunda demissão de Luxemburgo em pouco mais de 1 ano. Ou a terceira, se considerarmos a não renovação pelo Santos no começo deste ano como uma dispensa.

Para mim o (ex)trategista chegou no fundo do poço. Nunca o vi numa situação como a de hoje. Ainda sobraram resquícios de moral para conseguir emprego em algum time grande, porém a médio prazo vejo Luxemburgo sendo tratado como um técnico comum, da estirpe de Geninho e Nelsinho Batista. Sua única salvação é se tratar o quanto antes para largar o vício que vem atrapalhando sua carreira nos últimos anos.

Apesar dos pesares, deu pena do (ex)trategista ao ver a sua entrevista no final do jogo. Para quem se julgava o melhor do mundo – não sei se chegou a tanto, mas acho que pode ser considerado o melhor dos últimos 30 anos no Brasil – foi triste ver o técnico, com os olhos levemente molhados, pela primeira vez não colocar a culpa pelo seu fracasso em alguém. Sinal de que Luxemburgo realmente não é mais o mesmo.

Vinicius (ex)Avallone, resta a Luxemburgo torcer para o Atlético/MG cair, pois assim poderá dizer que o problema não era ele

Por falar em charlatonismo…

09/21/2010

Apesar de todo o investimento que foi feito na contratação de jogadores (se bem que alguns deles não estão rendendo nada), o Atlético/MG, que tem um elenco melhor do que muitos times por aí, está indo de mal a pior. No último final de semana conseguiu perder em casa para o Vitória – outro time em péssima fase – mesmo jogando com um jogador a mais desde o primeiro tempo.

Numa situação como esta, ordinariamente a culpa seria atribuída ao técnico. Ainda mais no Atlético/MG. Se Emerson Leão ou Celso Roth, dois dos últimos técnicos do clube, estivessem no comando do time, já teriam caído há muito e muito tempo.

No comando do time, porém, está Vanderlei Luxemburgo. A despeito de tudo o que está acontecendo, a diretoria do clube está poupando o (ex)trategista. O técnico, por sua vez, até agora não pediu demissão. Disse que não é covarde e que não vai abandonar o clube nessa situação.

Será, interrogação.

Quero ver qual será a posição do treinador quando, por exemplo, faltarem 5 rodadas para o término do campeonato brasileiro e o time estiver precisando de 4 vitórias para fugir do rebaixamento. Se bem conheço o (ex)trategista, ele realmente pode não pedir demissão. Mas é bem provável que arme alguma situação que torne impossível a sua manutenção no cargo pela diretoria. E depois de consumado o rebaixamento, dirá que o Atlético/MG não cairia se ele tivesse continuado no comando do time.

Vinicius (ex)Avallone


%d blogueiros gostam disto: