Posted tagged ‘Seleção’

Neymaaaaaar, Neymar, Neymar, Neymar…

02/28/2012

Não vi o jogo entre Brasil x Bósnia, apesar da Rede Globo tentar me convencer com comentários do tipo “o time de hoje é o melhor de todos os tempos da Bósnia”, “a Bósnia está em 19 no ranking da FIFA”, “é o recomeço de Ronaldinho Gaúcho na seleção” etc. Não vi porque estava trabalhando. E mesmo que não tivesse não perderia meu tempo. Preferiria ver a Sonia Abrão.

Apesar do resultado, fiquei feliz com o que disseram sobre o desempenho da seleção. Pelo jeito minha torcida dará certo em 2014. Se Deus quiser o Brasil será eliminado na primeira fase, de preferência no Itaquerão.

Mas o que me motivou a escrever foi Neymar. Vi agora a pouco o Jornal Nacional. Não falaram nada sobre ele. Se não falaram nada, nem mesmo de alguma firula, é porque Neymar não jogou absolutamente nada. E assim o mundo continua sem saber quem é Neymar, ou pelo menos não consegue entender porque os brasileiros tanto falam do jogador.

Neymar continua dando “show” contra o XV de Piracicaba, a Ponte Preta e o Linense. Mas quando o jogo é mostrado para o mundo… E isso porque ajustaram um amistoso contra a gloriosa Bósnia, que há 20 anos estava em guerra. Meu Deus, exclamação.

Vinicius (ex)Avallone, quero o Ronaldinho Gaúcho na Copa de 2014

Os donos da seleção

09/29/2011

Como era previsto, hoje a Rede Globo mais uma vez prestou um desserviço para o futebol brasileiro ao tentar engrandecer uma vitória mentirosa contra o que chamaram de seleção argentina. Segundo a Rede Globo, foi a primeira vitória do técnico Mano Menezes contra um time de expressão. Será, interrogação. E se tivesse perdido, interrogação. A desculpa já estava na ponta da língua: era apenas um amistoso envolvendo combinados de Brasil e Argentina.

E como também era de se esperar, Neymar foi o jogador mais exaltado por causa de suas macaquices covardes e desorientadas (que se Deus quiser, para o futuro do futebol brasileiro, serão castigadas com alguma chegada mais firme de um legítimo argentino). Falaram até de uma suposta emoção do jogador na hora do hino nacional, que me convenceu tanto quanto um ator da Malhação me convence…

Lucas, que meu irmão carinhosamente chama de novo Viola, também foi lembrado pela imprensa paulista. Acho que foi até merecido, pois ele jogou mais do que o Neymar, por exemplo. Pelo menos no gol ele fez mais do que simplesmente trombar com o goleiro. Lucas que até começar a ter a carreira cuidada pela agência noveine parecia ser um menino mais humilde. Mas depois que passou a ser cuidado pelo Ronaldo… Já está indo na onda da turminha do Neymar, Robinho, Ronaldinho…, esse pessoal que infelizmente lidera hoje a seleção. Humildade, interrogação. Já está esquecendo dessa palavra. Prova disso é o vídeo abaixo.

Se você não tem estômago para ver a falsa comemoração dos jogadores, sugiro ir direto para o minuto 1.10 do vídeo para ver a reação do Lucas quando o coitado do Cortês ousou tentar aparecer na televisão na sua frente. Se a intenção do Lucas era a de poupar os telespectadores da imagem do Cortês, até que tudo bem (aliás, estou tentando lembrar se eu já vi algum jogador mais desprovido de beleza do que o Cortês; ele ganha até do Rivaldo). Mas eu tenho a impressão que a reação teve um motivo menos nobre.

Vinicius (ex)Avallone

Vai entender…

09/28/2010

No mês passado o técnico Mano Menezes convocou a seleção exclusivamente para fazer treinamentos.

A desculpa foi que a CBF não conseguiu arrumar nenhum adversário que estivesse à altura da seleção brasileira.

Agora a CBF anunciou o amistoso contra a seleção do Irã.

Suponho então que o time de Ahmadinejad esteja à altura da seleção brasileira.

Agora entendi a razão pela qual Elias, Réver, Mariano e alguns outros foram convocados. Era para nivelar…

Vinicius (ex)Avallone, sobre o Elias, veja o resultado da enquete ao lado

Seleção brasileira

09/23/2010

Mariano, Réver, Wesley, Carlos Eduardo, até o tal de Elias, o Ezequial da Nova Era.

Será mesmo que é o melhor que o Brasil tem hoje, interrogação.

Se for, é melhor começar a repensar essa história de celeiro de craques, país do futebol etc.

Vinicius (ex)Avallone, sei que muitos não concordam, mas esse Elias é muito, muito caneleiro

Já vai começar…

08/19/2010

Além de tudo o que já foi falado no post anterior, hoje surgiu outra. A seleção brasileira anunciou que vai convocar jogadores que atuam na Europa só para treinar. Repito: a que ponto chegamos, interrogação.

Ora, não tem sentido algum tirar os jogadores dos seus times – que praticamente ainda estão em pré-temporada – e reuni-los só para treinar pela seleção. Teria algum sentido se o técnico Mano Menezes pudesse chamar todos aqueles que ele entende que formam hoje a seleção para entrosar a equipe. Mas não. Ele só vai chamar os jogadores que atuam na Europa, lembrando que a (suposta) base do time na última convocação era de jogadores que atuam no Brasil.

E mais. O time vai treinar para o quê, interrogação. É dinheiro e tempo perdidos. Quer dizer, dinheiro é algo que eu não sei se está sendo perdido. Infelizmente estou sentindo cheiro de esquema no ar. A confirmação vem amanhã, com o anúncio dos jogadores. Se aparecer um Afonso da vida…

Vinicius (ex)Avallone

Um novo Brasil

08/10/2010

1. Não dá para reclamar da atuação do Brasil. Foi um jogo de uma equipe só. Méritos da seleção brasileira, demérito da seleção americana. A única coisa a reclamar é do tal de Paulo Cesar Vasconcellos do Sportv. O cara é simplesmente intragável. Como alguém pode ser pago para falar que “o jogador não poderia dominar essa bola, mas sim bater de primeira forte e no ângulo”, interrogação e exclamação. Não parece, mas existe comentarista pior do que o Neto.

2. A dupla estreante Neymar e Ganso jogou bem. Só acho que o Ganso poderia atuar de uma forma menos arrogante e mais participativa. Alguém precisa avisar que ele tem ainda um longo caminho a percorrer até ser quem ele pensa que é. Acho que ele não sabe, mas se saísse do estádio andando pela porta da frente e no meio da torcida americana, ninguém iria saber quem ele é.

3. O Mano Menezes começou a partida de forma ofensiva. Lógico. Era obrigação. Depois do que foi feito na última Copa do Mundo, até o Celso Roth começaria o seu primeiro jogo na seleção com 3 atacantes. Mas não pode passar despercebido o fato da seleção ter terminado a partida com 3 volantes. É melhor o torcedor não se iludir com a fase ofensiva do Mano Menezes. É para inglês ver.

4. Seria uma seleção renovada se não fosse a presença de Robinho. Ele já disputou duas Copas do Mundo. Em ambas afirmou que se consagraria como melhor jogador do mundo. Fracassou em ambas. Participações pífias. Ainda há lugar para ele na seleção, interrogação. Já não existe um jogador com o seu perfil no processo de renovação (Neymar), interrogação. Por que convocar Robinho e deixar de chamar jogadores que mostraram mais em suas passagens anteriores, como Juan e Lúcio, interrogação. O pior de tudo é vê-lo como capitão do time. Que exemplo para os jogadores que estão chegando agora, exclamação.

Vinicius (ex)Avallone

Sempre ele

08/10/2010

Essa é a imagem da falsidade e do mau-caratismo.

Esse tipo de “homenagem” seria até aceitável se viesse de algum dos jogadores convocados por Mano Menezes que não participaram da seleção do Dunga. Neymar e Ganso, por exemplo, bem ou mal poderiam dar essa cutucada no ex-técnico. Não estariam sendo corretos, mas pelo menos não estariam sendo falsos.

Mas ver Robinho nessa situação é deplorável. Ora, enquanto tudo corria bem na seleção dentro de campo, Robinho nunca teve um mínimo de compaixão com esse ou aquele que sofreu algum tipo de constrangimento por parte do Dunga. Agora, sem precisar das convocações do Dunga, vem com essa de bom moço, como se não tivesse compactuado com as medidas adotadas na Copa do Mundo contra a imprensa.

Não tem jeito. Uma vez mau-caráter, sempre mau-caráter.

Vinicius (ex)Avallone, sinal da reconciliação com a Rede Globo


%d blogueiros gostam disto: