Posted tagged ‘Ronaldo’

O Fenômeno

02/21/2011

A exaltação do Fenômeno pela imprensa na última semana – inclusive pelas emissoras de televisão que sempre foram ignoradas por Ele -, a despeito de tudo o que já foi noticiado de obscuro a respeito de sua pessoa,  coloca em xeque  não apenas a supremacia de Pelé, mas principalmente a de Jesus Cristo.

A minha dúvida é quanto tempo vai demorar para a mídia noticiar a intervenção do Fenômeno em algum fato milagroso, a fim de que seja iniciado o processo de canonização.

Contrário a essa possibilidade, alguém pode dizer que se o Fenômeno tivesse poderes sobrenaturais teria conquistado a Copa Libertadores pelo Corinthians. Nesse caso, saio em defesa dele, pois nem Jesus Cristo conseguiu tal fato, apesar da prece de milhares de corintianos.

Vinicius (ex)Avallone

Anúncios

Adeus Ronaldo(s)

02/14/2011

Parem as máquinas, exclamação. Dizem que é hoje que o Ronaldo anuncia formalmente sua aposentadoria. Formalmente, pois na prática ele já está aposentado há muito tempo. Até que enfim ele caiu na real. Agora só falta o Sarney e o Fernando Solera, exclamação.

Foram cerca de 15 anos de carreira e 8 fazendo fisioterapia. Pois é. Depois que se machucou, Ronaldo nunca foi mais o mesmo. Ele chegou a jogar bem na Copa do Mundo de 2002, mas isso foi a exceção. Depois disso ele jogou só com o nome. Foi assim no Real Madrid, Milan e Corinthians.

No Corinthians foram 6 meses de sucesso e quase 2 anos enganando os torcedores e a si próprio. Mentiras eram contadas sobre sua forma, sua vontade de jogar, seu amor pelo clube etc. E o corintiano, lógico, acreditava em tudo aquilo. Os mais humildes, desprovidos de um mínimo de educação e cultura, costumam acreditar em qualquer coisa. Deu no que deu. Se houvesse mais cobrança, talvez a situação de Ronaldo não chegaria aonde chegou.

Graças a Deus ele percebeu que não conseguia iludir mais ninguém. Nem a ajuda da imprensa, que poupava o jogador de qualquer crítica sobre sua condição física, foi capaz de  evitar a aposentadoria.

Demorou, mas a decisão foi sábia. Era ridículo ver Ronaldo em campo daquele tamanho. Tão ridículo quanto vê-lo nas capas dos jornais com três travestis. Agora Ronaldo vai poder fazer tudo o que gosta sem ter ninguém pegando no seu pé. A única dúvida é: sem o pouco de atividade física que ele fazia, onde vai parar aquela barriga, interrogação.

Espero que sirva de lição para outros jogadores que lutam contra a aposentadoria, apesar da visível decadência. A próposito, o Ronaldinho Gaúcho passou em branco de novo contra o glorioso Resende, interrogação.

Vinicius (ex)Avallone

A relação entre jogadores e imprensa

01/29/2011

O atrito entre Dapena, Neto e Ronaldo nesta semana (veja aqui o vídeo) é o maior exemplo de como funciona atualmente a imprensa esportiva brasileira.

A relação entre “jornalistas” e jogadores acontece mais ou menos assim: se eu, jornalista, sou seu amigo (ou sou tratado como tal), consigo entrevistas exclusivas, participo dos eventos promovidos por seu clube, pode ter certeza que vou falar muito bem de você quando você estiver vivendo um momento apenas bom, vou falar bem quando você estiver vivendo um momento regular, e não vou criticá-lo quando você estiver num momento péssimo.

Ronaldo é tratado exatamente dessa forma. A imprensa vive tentando convencer o público de que o Ronaldo é importante dentro de campo, que ele está em forma, apesar das visíveis saliências em torno de seu estômago, que é um exemplo de superação etc. A exaltação de Ronaldo é encabeçada pela Rede Globo e sua atual sensação Tiago Leifert, futuro redator da Praça é Nossa.

Por falar na Rede Globo, é muito difícil ouvir uma crítica na emissora, especialmente na parte esportiva. Tudo é maravilhoso. O Pan do Rio foi um sucesso. O Thiago Pereira é um fenômeno da natação. Os pilotos da Stock Car são exemplos de habilidade. E o Caio Ribeiro então? Se colocar o Caio no lugar do Percival de Souza ele vai dizer que o estuprador deve ser compreendido pois provavelmente ele estava sentindo muita necessidade no momento da consumação do ato. O único que foge dessa regra é o Casagrande, mas isso apenas quando envolve seu time de coração.

Voltando à relação entre jornalista e jogador, quando por algum motivo ela estremece (por exemplo, o jogador deixa de ir a um programa, dá preferência para outra emissora numa entrevista, ou mesmo não convida para um churrasco), o jornalista sem mais nem menos começa a criticar o jogador, mesmo que ele esteja jogando exatamente o mesmo futebol de antes, quando era elogiado por esse mesmo jornalista. Passa a falar o que sempre soube mas omitiu do público, ameaça contar fatos que podem manchar a imagem do jogador, tenta colocar a torcida contra o jogador. Foi isso que aconteceu nesta semana.

Neto e Dapena começaram a falar que o Ronaldo está fora de forma, como se só agora Ronaldo estivesse gordo. Ameaçaram falar fatos sobre a vida pessoal do jogador. É lógico que devem ter tomado um pito daqueles dos diretores da emissora, pois no outro dia o tal de Dapena, que pensa que é um ícone da imprensa (até outro dia ficava com uma trena no campo medindo a distância em que o gol foi feito), já começou a falar de trégua (ou seja, Ronaldo a partir de então já emagreceu novamente).

A verdade é que hoje o jornalista pode falar mal até de Maomé, mas do Ronaldo não.

É por isso que não me pauto pelo que dizem na imprensa. Não adianta insistir. Nem haver unanimidade. Não acho o Muricy Ramalho um bom técnico. O Robinho é enganador. É inadmissível ver Elias na seleção brasileira. O Rogério Ceni sempre foi um goleiro mediano e um bom batedor de faltas. Fico com um pé atrás em relação à técnica do Pelé. E por aí vai.

Vinicius (ex)Avallone, votem “ni mim”

Ôooo, a crise voltô, a crise voltô

10/10/2010

O Palmeiras perdeu e todos acharam um absurdo.

Depois foi o São Paulo.

E agora foi a vez do Corinthians sentir o desgosto de perder do glorioso Atlético/GO, resultado que acabou derrubando o limitado Adilson Batista, que se eu bem conheço a imprensa, amanhã já vai estar sendo cotado para treinar o Santos.

Pois é, a crise, que era iminente, enfim chegou no Corinthians, exclamação.

Pior foi ouvir o Caio da Rede Globo dizer que essa fase ruim do Corinthians é justificada pela ausência do Elias. Parem as máquinas. Quer dizer então que o time que tem o “melhor elenco” do Brasil depende de um volante com  características que o assemelham ao antigo ídolo Ezequiel para vencer, interrogação. Bom, do Caio não dá para esperar muita coisa… É a versão mais nova do Orlando Duarte.

Se a coisa não mudar o Corinthians no ano que vem vai jogar todas as suas fichas na Copa Sulamericana, provavelmente sem Ronaldo, que até lá já vai ter abandonado a cidade de São Paulo pelas ameaças de morte que vai receber se o time de fato não vencer nenhum título no centenário e sequer se classificar para a próxima Copa Libertadores.

Vinicius (ex)Avallone

Crise, interrogação

10/02/2010

Dois empates consecutivos em casa contra os gloriosos Botafogo de Loco Abreu e Ceará de Marcelo Nicácio.

Sinto cheiro de crise na belíssima Itaquera.

Mas a coisa vai ficar feia mesmo se o Corinthians não vencer a próxima partida. No próximo jogo o time enfrentará o Atlético/MG fora da casa, que apesar do péssimo momento do adversário, está longe de ser um jogo fácil.

Acho bom Ronaldo começar a fazer valer os seus vencimentos e treinar de verdade, pois se o time ficar mesmo sem vencer três partidas consecutivas, a torcida do Corinthians vai começar a questionar o jogador.

E a diretoria também tem que fazer a sua partida para abafar a iminente crise. Que tal falar sobre o estádio, interrogação.

Vinicius (ex)Avallone, a sorte do Corinthians é que o time está disputando a liderança contra um time treinado pelo Muricy Ramalho

Empate justificável

09/30/2010

Mesmo com a operação centenário a todo vapor – o Herrera que o diga -, o Corinthians não conseguiu vencer em casa o Botafogo e viu o Fluminense disparar na liderança – se bem que o meu pai Tomé sofreu e muito até o gol do time do Muricy sair quase aos 40 minutos do segundo tempo – e o Cruzeiro encostar.

Mas cá pra nós, o empate é plenamente justificável, pois o melhor jogador do time não jogou. Uma pena, porque com certeza absoluta Ronaldo vem se empenhando ao máximo nos treinamentos e, apesar disso, ainda está sentindo uma lesão. Bom, foi o que eu ouvi dizer na Rede Bandeirantes…

Apesar dos rumores, ficarei muito surpreso se o Fenômeno não retornar no sábado, no clássico contra o Ceará.

O que deve ser elogiado é a torcida do Corinthians. Ao contrário da torcida do Palmeiras, está lotando o estádio em todos os jogos e garantindo o leite das crianças do Ronaldo, que, repito, deve estar se empenhando bastante nos treinos para corresponder a força da fiel torcida.

Vinicius (ex)Avallone, não sei como o juizão não marcou pênalti no lance do Elias

Bomba no Parque São Jorge

09/22/2010

Parem as máquinas, exclamação.

Apesar de todo o seu esforço para retornar, Ronaldo surpreendeu a todos e está fora da partida contra o Santos.

Vinicius (ex)Avallone, juro que eu não esperava isso


%d blogueiros gostam disto: