Posted tagged ‘Lucas’

Os donos da seleção

09/29/2011

Como era previsto, hoje a Rede Globo mais uma vez prestou um desserviço para o futebol brasileiro ao tentar engrandecer uma vitória mentirosa contra o que chamaram de seleção argentina. Segundo a Rede Globo, foi a primeira vitória do técnico Mano Menezes contra um time de expressão. Será, interrogação. E se tivesse perdido, interrogação. A desculpa já estava na ponta da língua: era apenas um amistoso envolvendo combinados de Brasil e Argentina.

E como também era de se esperar, Neymar foi o jogador mais exaltado por causa de suas macaquices covardes e desorientadas (que se Deus quiser, para o futuro do futebol brasileiro, serão castigadas com alguma chegada mais firme de um legítimo argentino). Falaram até de uma suposta emoção do jogador na hora do hino nacional, que me convenceu tanto quanto um ator da Malhação me convence…

Lucas, que meu irmão carinhosamente chama de novo Viola, também foi lembrado pela imprensa paulista. Acho que foi até merecido, pois ele jogou mais do que o Neymar, por exemplo. Pelo menos no gol ele fez mais do que simplesmente trombar com o goleiro. Lucas que até começar a ter a carreira cuidada pela agência noveine parecia ser um menino mais humilde. Mas depois que passou a ser cuidado pelo Ronaldo… Já está indo na onda da turminha do Neymar, Robinho, Ronaldinho…, esse pessoal que infelizmente lidera hoje a seleção. Humildade, interrogação. Já está esquecendo dessa palavra. Prova disso é o vídeo abaixo.

Se você não tem estômago para ver a falsa comemoração dos jogadores, sugiro ir direto para o minuto 1.10 do vídeo para ver a reação do Lucas quando o coitado do Cortês ousou tentar aparecer na televisão na sua frente. Se a intenção do Lucas era a de poupar os telespectadores da imagem do Cortês, até que tudo bem (aliás, estou tentando lembrar se eu já vi algum jogador mais desprovido de beleza do que o Cortês; ele ganha até do Rivaldo). Mas eu tenho a impressão que a reação teve um motivo menos nobre.

Vinicius (ex)Avallone

Anúncios

O craque da ocasião

03/14/2011

O tal de Lucas, ex-corintiano apelidado com o nome do seu ídolo, está longe de ser um craque. Muito longe. E mais do que isso, não vejo nem de longe potencial para ele se transformar em um craque ou conquistar o prêmio de melhor do mundo como dizem alguns por aí. Essa é minha opinião, que está longe de encontrar adeptos na melosa imprensa esportiva brasileira. Muito longe.

Lucas é só mais uma das muitas invenções do Morumbi. Lembro que há poucos anos surgiu lá um tal de Renatinho, que era tratado como um novo alguma coisa. Aliás, o estilo de jogo e o porte físico eram muito parecidos com os de Lucas. Pouco tempo depois de surgir como grande promessa no São Paulo, Renatinho foi visto entregando comida chinesa na região de Perdizes.

Lucas também me lembra o fenômeno Lulinha que surgiu no Corinthians. Diziam que o Chelsea havia oferecido pelo jogador cerca de 5 milhões de euros ao Corinthians ainda nos tempos da base. Meu Deus, exclamação. Esses russos rasgam dinheiro. Crente de que tinham uma jóia nas mãos, o suposto negócio não foi adiante. Vejam no que deu. Lulinha hoje joga no Bahia.

Enfim, Lucas me lembra muitos desses jogadores que surgiram como promessas, arrumaram contratos milionários, mas nunca vingaram. É a especialidade do São Paulo.

Se estou certo ou não, só o tempo dirá. O que há de concreto hoje é que o Lucas é um craque de ocasião. Foi para o fraquíssimo sulamericano sub-20 como coadjuvante e voltou como estrela por fazer gols contra jogadores que de dia plantam coca e de final de semana jogam bola. Depois que voltou para o São Paulo, fez um gol aqui e outro ali no fraquinho campeonato paulista. É verdade que ontem ele marcou um belo gol, o que foi o bastante para a imprensa exaltar a jóia do Morumbi. O que ninguém fala é que ele ficou meia dúzia de jogos sem aparecer.

Vinicius (ex)Avallone


%d blogueiros gostam disto: