Vale ou não vale, interrogação


É até compreensível a chiadeira dos torcedores. O que não entendo é a reclamação pública de alguns dirigentes de clubes a respeito do reconhecimento dos títulos da Taça Brasil e do Robertão. Papel ridículo. Parece que seus clubes perdem alguma coisa com isso. A melhor resposta de quem não concorda é o desdém. A reclamação acaba parecendo inveja.

Mas pior do que quem reclama é quem está comemorando o reconhecimento. A postura correta seria a de agir como se nada tivesse acontecido, pois ao comemorar agora o dirigente deixa parecer que a conquista lá trás não teve valor algum. É até um desrespeito à memória do clube.

E por falar na Taça Brasil, muita gente está alegando que a sua conquista não pode ser comparada a um campeonato brasileiro, já que poucos clubes participavam e eram poucos os jogos disputados. Pode até ser. Mas se for assim, tem que rever o valor de alguns campeonatos conquistados por certos clubes. O Santos, por exemplo, conquistou a Copa Libertadores de 1963 disputando apenas 4 jogos. É o caso então de rever esse título, interrogação.

Vinicius (ex)Avallone

Anúncios
Explore posts in the same categories: Uncategorized

Tags:

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

29 Comentários em “Vale ou não vale, interrogação”

  1. Douglas Says:

    Pqp tu foi na jugular, gostaria de ver as respostas dos comentaristas SPORTV!!!!!

  2. imparcial Says:

    é isso mesmo nem tem como. quem quiser ver a contradição na imprensa entre o que dizia no passado e o que diz agora no presente:

    http://contraoimperio.wordpress.com/

  3. Fabio Says:

    Boa foi a resposta do blogdoodir.com.br para o Sao paulino Marcelo Damato sobre a unificação dos titulos…dançou nessa!!!!

  4. Melao Says:

    E as copa toiota entao? Era um jogo so. E os time se achavam no direito de se chamarem campeos do mundo. Mundial eh soh da FIFA

    • Carlos A. Says:

      Lá vem o Gambá Centenada de novo falar besteira…….Vai me dizer que você comemora o ( como diz o Roberto Carlos traíra) mundialito da fifa???? Ehh galinha preta, que nunca chegou numa final de campeonato internacional, so me fazem rir mesmo….Até chegar a tóquio e disputar a copa toyota, teria que ganhar a Libertadores, coisa que o curintia em cem anos nunca ganhou. Taí a justificativa desse seu mísero comentário…..

  5. Pedro Aquino Says:

    A explicação para se negar a Taça Brasil como campeonato nacional não é pelos poucos jogos e sim pq essa veio a se tornar a Copa do Brasil. Então se a CBF considerar os campeões da Taça Brasil como campeões brasileiros teria que consider também todos os campeões da Copa do Brasil.

    • Vicenzo Bianchi Says:

      Vc tá equivocado. O primeiro molde de campeonato nacional, no caso, a Taça Brasil, era em sistema de mata-mata (semelhante ao da Copa do Brasil), pois assim foi decidido. Com o sucesso do campeonato, decidiram aumentar o nº de clubes, e fazer fases de grupos, no caso, o Roberto Gomes Pedrosa.
      A Copa do Brasil surgiu mais de 20 anos depois, como forma de imitar os países da Europa, que tinham um campeonato nacional e uma copa (e que lá não dá vaga pra Champions League). Naquela ocasião, não foi feita nenhuma menção à Taça Brasil.
      Como em qqr lugar onde algo evoluem-se, os regulamentos tb foram modificados. Quem não se lembra do Brasileiro de 94, onde tinham 4 grupos de 6, mas os grupos A e B classificavam 4, cada, e o C e D classificava 1, cada, sendo que depois, os times caiam em outra chave com 2 grupos de 5, classificando os 3 melhores de cada uma para as quartas. “Mas e os outros dois times?.. vc me pergunta”. Eles saíam de um grupo da morte, com 8 times (o pior do A, o pior do B, e os 3 piores do C e do D), o qual definia tanto dois times para as quartas-de-final, quanto os dois que cairiam para a Série B!!! Coisa de maluco, peculiar de nossos campeonatos toscos, e que mostra como tudo aqui sempre foi bagunçado, e que é uma tamanha hipocrisia definhar titulos conquistados por Pele, Pepe, Tostao, Garrincha, Dirceu Lopes, Ademir da Guia, entre tantos, em detrimento a campeonatos com 96 times, 7 grupos, 15 fases, etc..

    • Dinho Maniasi Says:

      Taça Brasil é uma coisa, Copa do Brasil é outra, uma não tem nada a ver com a outra.
      Nem na forma nem no conteúdo.
      Não se deixe enganar por esses “jornalistas” que não se deram nem o trabalho de saber sobre o que estão falando.
      Abraço!

      • Pedro Aquino Says:

        Vc está certo sobre não terem relações, mas a maneira como foi disputada é muito parecida com a da Copa do Brasil hoje. Inclusive com outro campeonato nacional paralelo. Ou seja, os mesmos argumentos q fazem a Taça do Brasil ser campeonato nacional tmb fazem a Copa do Brasil ser campeonato nacional.

        • Dinho Maniasi Says:

          A Copa Brasil na verdade não era disputada dessa forma. Na primeira fase era regionalizada (não se tinha à epoca a facilidade de transporte e ponte aérea, as estradas eram ruins ou nem existiam) e somente os campeões de cada estado participavam. Na segunda fase entravam os campeões de São Paulo e do estado da Guanabara (capital federal) e era disputado o mata-mata. O campeão da Copa Brasil era o representante do Brasil na recem criada Taça Libertadores da América. Não podemos avaliar a história com olhos do presente. Devemos observar o contesto histórico e para isso recomendo que vc acesse o site “contraoimperio” e veja a repercussão dos títulos e as manchetes e o tratamento que os orgãos de imprensa davam aos títulos e aos campeões. Veja tbem o site FUTEBRONCA e o comentário que postei explicando a diferença entre o campeonato de 70 (Robertão) em que o Fluminense foi campeão e o de 71.
          Abraços!

          • Dinho Maniasi Says:

            Errata: Taça Brasil hehehe. Quanto aos 2 títulos no mesmo ano do Palmeiras, isso não é exclussividade dele. O Corinthians tem 26 títulos paulistas (acho…) dentre os quais vários disputados com equipes amadoras e dividindo títulos com o Ypiranga, o Tietê que disputavam uma outra liga, também oficial. E acho que nenhum corinthiano exclui esses títulos do seu currículo. Em 79 o Campeonato carioca teve 2 campeonatos no mesmo ano, ambos ganhos pelo Flamengo que se tornou bi-campeão no mesmo ano e nunca vi nenhum “jornalista” reclamar disso nem desfazer dessas conquistas.
            Ah! em relação ao site FUTEBRONCA o post é A FÁBULA DO FUTEBOL BRASILEIRO e é mais ou menos assim:
            Terminado o ano de 2010 a CBF cria um novo campeonato ( ele chamou de Taça Joça) e a partir de 2011 é o que vai valer. Daqui a 10 anos, já com times bi-campeões, tri ou até tetras e os campeões de 71 a 2010 pleitearem o reconhecimento dos títulos que ganharam vão comentar assim: quem inventou um nome esquisito desse “Campeonato Brasileiro”? O que esses times fizeram pra merecer serem reconhecidos? O reconhecimento desses títulos não seria um presente aos seus ganhadores, não estariam ganhando nada que já não fosse seu por direito uma vez que eles já fizeram no campo por merecer. É o mesmo caso com os campeonatos anteriores a 71.
            Abraço!

  6. Vicenzo Bianchi Says:

    Estes dirigentes e comentaristas que tão falando mal até parecem aquelas mulheres que vão a uma festa de casamento/formatura, vêem a mulher mais gostosa e espetacular da festa e fazem algum comentário ácido em respeito à beldade, com a amiga/filha/cunhada ao lado: “noooossa, o vestido dela não combina com o penteado”.
    Quando vi a tal da bixona do Leco fazendo um comentário a respeito, lembrei disso na hora.

    • Dinho Maniasi Says:

      Grande comparação, muito boa mesmo!

      • Pedro Aquino Says:

        Nada a ver. Acontece que a Taça Brasil não tem nada q a caracteriza como campeonato nacional em comparação ao campeonato brasileiro da cbf.

        Enquanto a Taça Brasil são represantes por estados parecido com a Copa do Brasil, o campeonato brasileiro tem um sistema de classificação própio que se mantem de um ano pro outro.

        • Vicenzo Bianchi Says:

          De 71 a 2002, o brasileiro mudou de regulamento todos os anos. Então falar em sistema de classificação próprio fica meio dúbio.

          • Dinho Maniasi Says:

            Sem contar que teve vários nomes, vários regulamentos, vários critérios de classificação para se incluir participantes, diferentes nos. de participantes, etc. Campeonato Brasileiro foi o nome dado no final dos anos 80 ou 90. Lembro de Taça do Brasil, Taça de Prata, Taça de Ouro, Copa União, Torneio João Havellange e Campeonato Brasileiro. Alguém lembra de mais algum?

    • Gustavus Qainnes Figueroa SPfc Says:

      engraçado,
      qndo olha p uma foto do Mussolini lembro do palmeiras na hora.

      aproveitando…
      pq vcs palmeirenses tem vergonha d assumir q Leão Lobo é tordedor-verdinho fanático?

      • Vicenzo Bianchi Says:

        Engraçado é vc associar toda a história milenar de um povo e de seus descendentes espalhados no mundo, a uma única pessoa, que governou o país por 10 anos.
        E quem é Leão Lobo, interrogação? Nunca o vi nas arquibancadas do Palestra, diferente dos ícones bambis, sempre marcando presença no Morumbiba, tais como Henri Castelli, Vera Verão, Ney Matogrosso, Richarlysson e por aí vai.

  7. Verdão Octa! Says:

    Corintiano nenhum pode dar palpites sobre a Unificação dos Títulos Brasileiros, pois ficaram de 1954 até 1977 sem ganhar nada (23 anos de fila).
    Quem não tem história luta contra a memória.
    Chupa Curintia CENTENADA!!!

  8. Gustavus Qainnes Figueroa SPfc Says:

    À Confederação Varzeana de Ludopédio:

    1- é insconstitucional tratar como iguais, títulos desiguais (erro jurídico)

    2- ñ cabe a uma confederação fazer caça às bruxas, ou seja, revide ao SPFC por ter desafiado-a (erro moral e ético)

    Destarte, SOBERANO é único Campeão sem asteriscos e sem factóides.

    • Vicenzo Bianchi Says:

      O único campeão com o cú arrombado e Richarlysson!

    • Roberto Says:

      Quem é o SPFW p/ falar de ética?
      Como um time, SPFW, comemora 75 anos(1935*), sendo que um dos seus ídolos* encerrou a carreira em 1931?
      Como que a torcida Fashion se orgulha ao dizer que o SPFW é o rei dos bastidores?
      Mas qdo foi que oSPFW foi fundado? 1930*? 1931*?1935*? 1938*? com a ajuda de portuguesa, palmeiras e corinthians, fato.
      Qtos títulos o SPFW conseguiu com a ajuda da arbitragem? 1,2,3*, 4*,5*,6*?
      E a torcida de vitrine. Qual é a identificação histórica com clube SPFW?
      A verdade é: que o SPFW é o clube repleto de asteriscos e interrogações…

      • Roberto Says:

        Ahhhhh, ia me esquecendo.
        O SPFW*? tem ódio, ranço, INVEJA do PALMEIRAS sim ! É FATO!
        E CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS!!!

  9. Gustavus Qainnes Figueroa SPfc Says:

    até agora ñ apareceu um santo p explicar como é possível ser bicampeão na msma temporada…

    tchiiiii,
    já dizia o finado Bezerra: “Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão”
    CBF e vc, tudo a ver!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: