Telê ou Felipão, interrogação


Nos últimos dias se iniciou neste blog uma discussão interessante e deveras polêmica. De um lado, Eder, palmeirense, que defende Luiz Felipe Scolari como sendo melhor do que Telê Santana, e de outro, o ilustre Negão Tricolor Gozador, que sustenta o oposto.

Essa questão não poderia passar despercebida pois eu sempre fiquei incomodado com a ostentação que a mídia faz em relação a Telê Santana. De uma hora para outra, Telê, um técnico comum com apelido de pé frio pelos inúmeros fracassos na carreira, transformou-se no melhor treinador de todos os tempos. Tudo graças aos títulos conquistados pelo São Paulo no final de sua carreira.

É verdade que foram vários e importantes os títulos no São Paulo. Contudo, todos esquecem da carreira do Telê Santana antes do São Paulo. No seu currículo havia um título brasileiro e alguns outros regionais. Pelos resultados, poderia ser comparado tranquilamente a um Jair Picerni ou um Celso Roth. Até então Telê Santana era conhecido mesmo pelos fiascos nas Copas do Mundo de 1982 e 1986. Ele conseguiu perder esses títulos, sobretudo o de 1982, quando tinha na mão um dos maiores elencos de todos os tempos, segundo a própria imprensa propaga até hoje.

Não vou ser tão pretensioso ao ponto de dizer se tecnicamente Telê Santana foi melhor ou pior do que Luiz Felipe Scolari. Mas fico a vontade para comparar a história dos dois treinadores, já que são dados objetivos, inquestionáveis.

Ao contrário de Telê, Felipão (ou Felipinho) tem uma carreira regular. Ganhou títulos por praticamente onde passou. Conquistou títulos sulamericanos por dois times diferentes, em dois momentos diferentes. Foi campeão do mundo com uma seleção brasileira muito questionada. Fez um excelente trabalho na seleção de Portugal. Enfim, ficou marcado em quase todos os lugares em que trabalhou, ao contrário de Telê, que teve sucesso em apenas um time e em um momento apenas da carreira.

Hoje eu tenho restrições ao trabalho de Luiz Felipe Scolari. Entendo que o estilo de jogo do treinador é ultrapassado. Mas que o histórico dele é de um grande vencedor, isso eu não posso negar. Já Telê, sempre teve um histórico de perdedor. Se safou aos 45 do segundo tempo, ao ganhar duas Copas Libertadores e dois Mundiais, numa época que, aliás, os times brasileiros não davam tanta importância ao torneio sulamericano como hoje.

Vinicius (ex)Avallone, Jornalismo Futebol Clube

Anúncios
Explore posts in the same categories: Uncategorized

Tags: ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

26 Comentários em “Telê ou Felipão, interrogação”

  1. Alexandre Says:

    Já que o negão adora citar a “historia” , lá vai uma…

    Uso como referencia a foto acima,essa foto de Telê Santana porque nela ele aparece com uma camisa digna, honrada, ao contrário do que nos acostumamos a guardar na memória.

    Telê foi contratado (pela última vez) para ser treinador do Palmeiras em janeiro de 1997, quando o manager Luxerley Wanderburro se despediu de novo do Palestra, assumindo o time do Santos. Porém, por conta de dois AVCs em um curto espaço de tempo, Telê não pôde jamais se sentar no banco de reservas para orientar a Academia.

    E por ter aceitado o desafio de ser técnico Alviverde, Telê foi desprezado pelo time oportunista, o mesmo que o usou até o último fôlego; como não era mais útil (e ainda aceitara emprego do inimigo), jamais foi devidamente homenageado em vida pelo clube que tirou do ostracismo e do papel de eterno coadjuvante; pelo contrário, foi o Palmeiras quem bancou os custos do tratamento do técnico, mesmo quando já havia ficado claro que ele não teria mais condições de assumir qualquer equipe; e foi do Palmeiras que Telê recebeu toda a atenção e preocupação que um ídolo merece.

    Ninguém, daquela diretoria sórdida, jamais apareceu na casa do treinador, em Minas, para saber se ele estava bem, ou se precisava de algo: um homem doente, na curva da vida, não combina com a imagem de prostituta radiante que o time da ditadura tentava vender ate hoje.

    • tg Says:

      pois é! o cara q tornou a libertadores importante p os brasileiros foi o próprio telê…

      ridícula comparação!!!

      Felipão tem uma coisa a mais q o telé apenas: sorte

  2. Alexandre Says:

    Mais uma historinha pro Negão Tricolete…..
    “Time que quer ganhar título tem que ter uma bicha. Eles são gentis, unem e organizam o grupo. Todo time em que joguei e fui campeão tinha um gay.”

    Dadá Maravilha, falando sobre o “sucesso” tricolor. Êpa!…

    Se tem um cara que sabe unir e organizar um grupo é o Rogério Ceni…

  3. rnt Says:

    Esse vai gerar polêmica e xingamentos.
    Babam tanto do Telê por ser um arteiro defensor do futebol-arte e jogo limpo, enquanto o Felipão quer apenas ganhar, não importa se tem que jogar bola no meio do jogo para acabar mais rápido ou esfriar jogadas do adversário, etc..
    Só esquecem que o que importa no futebol, é o resultado, e ignoram que Telê levou 20 anos para realmente ganhar um título, e já começou a carreira treinando times grandes, enquanto Felipão teve que começar treinando times fraquíssimos.
    Sem querer desmerecer Telê (que foi um grande técnico), mas Felipão é incomparável.

  4. Vini Says:

    Tb acho q o Telê é supervalorizado, talvez por causa da morte meio prematura. Quem viveu as Copas de 82 e 86 lembra o quanto ele foi justamente contestado. Ah, pelo menos o Vinícius já concorda comigo q o Felipão pode não ser mais tudo aquilo. Há 4 semanas fui hostilizado por te-lo chamado de incógnita.

  5. Vini Says:

    Enfim… Como regra geral, técnico bom é aquele q não atrapalha e não bate de frente com os jogadores. É aquela máxima q treinador não ganha campeonato, mas pode perder campeonato. Basta ver o atual campeão brasileiro, atualmente desempregado, Andrade.

  6. Tricolor ABC Says:

    Pra mim treinador é o que ele faz pelo meu clube, dane-se seleção brasileira ou algeriana, isso nada me importa, Telê foi campeão dos titulos mais importantes, na época mais importante pelo meu clube, na época em que os clubes brasileiros começaram a se interessar por estes titulos (bem depois do santos ganhar, e pouco depois do flamengo), foi lá e confirmou um bi pra não dizer que foi só sorte de iniciante, fez os adversários irem atrás de parcerias pra tentar chegar perto.
    Telê foi sim melhor que felipe foi no seu auge, telê não teve a sorte que felipe na seleção, ou teve azar em outros aspectos, a era dunga sucedeu e em nada deu tambem, não é sempre que se tem um romário, e as vezes mesmo sem ele dá certo, seleção não é parametro. (vide mano, bi campeão da série B, lá).
    Telê é histórico, e ficou marcado no São Paulo FC, não em qualquer outro.

    • Alexandre Says:

      Que bom!!!….

      Mas parece que pra diretoria colorida não foi…

      • Negão Tricolor Gozador Says:

        Alexandre por despeito e inveja vc mente!

        Na realidade ñ quis criar polêmica apenas homenagear Ms. Telê q infelizmente há 4 anos s foi.

        ps: Felipão tb é um grande técnico.

        • Alexandre Says:

          Vai lá em Minas e pergunta pra esposa do Tele, minh citação não tem cunho negativo em relação ao Tele, sempre achei ele um grande tecnico, diferente do clube do coração de dona Vilma. Depois te conto o que aconteceu com o Diamante Negro e Pedro Rocha.
          Mas é bem comum dos alienados que torcem para o time do Jd leonor, o que não me agrada torno logo mentira…. e deixo uma pergunta pra vc Negão, Tu ainda usa Pó ade a rroz?

          • Tricolor ABC Says:

            Eu acho engraçado como uns torcedores sabem muito dos boatos sobre o SPFC, e mal conhecem a história do próprio clube, o gramado do vizinho é sempre mais verdinho né ?
            #envy

            • Alexandre Says:

              Tricolete do abc eu conheço muito bem a historia do meu clube, data de fundação e titulos, já vcs qdo é mesmo data de fundação?.

          • Negão Tricolor Gozador Says:

            ñ uso pó d arroz. Tenho orgulho d ser negro e sãopaulino!

            Vc é um mitômano crônico.

            Meu único tio paterno foi funcionário do dr. Fernando Casal de Rey (ex pres. do SP Soberano FC) na cidade d Embu-Gauçu, portanto, afirmo categaricamente q vossa senhoria MENTE sobre Ms. Telê e o q é pior comprou uma estorinha d ouvido (boataria fraca, invejosa e rancorosa) sobre Leônidas da Silva e Dom Pedro Rocha. Nos 3 casos o q vc afirmou é puro despeito típico d quem tem complexo d vira-latas em relação ao SP.

            ps: blog d palmeirenses é fogo, viu! Tenho ctz ABSOLUTA q s Ms. Telê ao invés d ter a História q teve no SP a tivesse no SEP seria considerado por esses mesmos torcedores-verdes o maior técnico d todos os tempos!
            detalhe – nesse blog qq pesquisa envolvendo palmeiras terá sempre a maioria dos votos. Mas precisam estudar um pouco mais da história do próprio clube

            abs

            • Alexandre Says:

              num intíndí nada do que ele falou?

              Mitomano…kkkkk, sou não e meus manos são outros……..
              O que tem a ver com o assunto seu tio e a cidade de Embu guaçu?
              Caramba negão, vc se entregou sozinho….eu só citei Leonidas e Pedro Rocha nem contei o ocorrido e vc já se borrou alegando boataria?

              Quer um conselho, vai tratar sua dislexia ……

            • Negão Tricolor Gozador Says:

              sr. Alexandre;

              por isso q ñ gosto d discutir c/ quem ñ é sãopaulino. QI’s baixos merecem explicações detalhadas. Da próxima vez desenho p vc!

              MITOMANIA = é a tendência patológica, voluntária e consciente para a mentira. Normalmente, as mentiras dos mitomaníacos estão relacionadas a assuntos específicos, contudo podem ser ampliadas e atingir outros assuntos em casos considerados mais graves (espero q ñ seja o seu).

              Meu tio foi supervisor da empresa do ex-pres. TRIcolor (e amigo) na cidade d Embu, portanto conhece muito bem os bastidores do clube. Enfim, o q falaste sobre os 3 nomes q citou NÃO condiz em rigorosamente NADA c/ a verdade dos fatos! Ou seja, ao contrário d vc ñ busco popularidade divulgando estorinhas abjetas, indignas e torpes.

            • Tricolor ABC Says:

              Po é brincadeira, pra ser o maior técnico de todos os tempos pra eles, hoje em dia basta ganhar uma copa do brasil ou uma sul americana, qualquer coisa alem disso, é Jesus Cristo

  7. (ex)Roth Says:

    Telê escalou na estréia da seleção de 1982 o Dirceu (!?!?!?!?) na ponta-direita. Escalou na copa de 86 o titularíssimo Elzo, no meio de campo. Tomou lambada de todos. fez as piores campanha da seleção, ganhou roubado da Russia em 82, tomou um passeio da Itália (cruz-credo!), só vencia no Sao Paulo nos pelanties, em resumo, É um gênio!!!!

  8. Eder Says:

    Contra fatos não há argumentos….tele não chegou nem aos pés de felipão. E olha que na epoca dele os jogadores eram infinitamente mais tecnicos e tinham menos interesse financeiro que hoje em dia.
    Uns tem tecnicos, Nós temos FELIPÃO.
    E não será por um jogo ruim e com mal resultado que desqualificará o felipão.

  9. Thiago Amorim Says:

    Dois excelentes técnicos. Não concordo em dizer que Felipão é ultrapassado.
    Futebol é apaixonante porque é o mesmo desde os primórdios, então dizer que um treinador está ultrapassado é exagero de sua parte.
    Ser técnico no Brasil é mais difícil do que ser presidente da república.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: