Um novo Brasil


1. Não dá para reclamar da atuação do Brasil. Foi um jogo de uma equipe só. Méritos da seleção brasileira, demérito da seleção americana. A única coisa a reclamar é do tal de Paulo Cesar Vasconcellos do Sportv. O cara é simplesmente intragável. Como alguém pode ser pago para falar que “o jogador não poderia dominar essa bola, mas sim bater de primeira forte e no ângulo”, interrogação e exclamação. Não parece, mas existe comentarista pior do que o Neto.

2. A dupla estreante Neymar e Ganso jogou bem. Só acho que o Ganso poderia atuar de uma forma menos arrogante e mais participativa. Alguém precisa avisar que ele tem ainda um longo caminho a percorrer até ser quem ele pensa que é. Acho que ele não sabe, mas se saísse do estádio andando pela porta da frente e no meio da torcida americana, ninguém iria saber quem ele é.

3. O Mano Menezes começou a partida de forma ofensiva. Lógico. Era obrigação. Depois do que foi feito na última Copa do Mundo, até o Celso Roth começaria o seu primeiro jogo na seleção com 3 atacantes. Mas não pode passar despercebido o fato da seleção ter terminado a partida com 3 volantes. É melhor o torcedor não se iludir com a fase ofensiva do Mano Menezes. É para inglês ver.

4. Seria uma seleção renovada se não fosse a presença de Robinho. Ele já disputou duas Copas do Mundo. Em ambas afirmou que se consagraria como melhor jogador do mundo. Fracassou em ambas. Participações pífias. Ainda há lugar para ele na seleção, interrogação. Já não existe um jogador com o seu perfil no processo de renovação (Neymar), interrogação. Por que convocar Robinho e deixar de chamar jogadores que mostraram mais em suas passagens anteriores, como Juan e Lúcio, interrogação. O pior de tudo é vê-lo como capitão do time. Que exemplo para os jogadores que estão chegando agora, exclamação.

Vinicius (ex)Avallone

Anúncios
Explore posts in the same categories: Uncategorized

Tags: , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

11 Comentários em “Um novo Brasil”

  1. Vini Says:

    Comparar um jornalista – qualquer um – com o semi analfa Neto já é sacanagem. Só por saber concordância verbal PC já é bem superior…

  2. Vini Says:

    Vá lá, o Dr. Osmar merece a comparação com o Neto. E eu já notei isso do Ganso tb, ele tá marcarando bem rápido. Até pq não precisa fazer nada pra ser elogiado pela mídia. Criou-se uma aura de craque absoluto, bastando entrar em campo. Assim como se fez com o Hernanes por um bom tempo.

  3. Aspone Says:

    O Paulo Cesar Vasconcelos é conhecido como Tartaruga Ninja. É igualzinho! Outros acham que pela aparência, ele é filhote de Luxemburgo com Romário. Fala mais obviedades que o Falcão e o Caio juntos. O Ganso deu vários calcanhares desnecessários e quando errou um desses passes, falou-se que ele driblou até o companheiro de time.

  4. Aspone Says:

    Enquanto o Robinho navega em águas límpidas da seleção, o palmeiras continua sem ninguém no nível de 1a. divisão. É mole?

    • Eder Says:

      Quanta magoa do palmeiras hein!??

      O assunto aqui nesse momento é outro!

    • Nal Says:

      Cúrintiano frustrado…kkkkkkkkk
      Alguém falou em Palmeiras aqui?

      Agora, mil vezes Nilmar a Robinho, o cara joga mais, é humilde, trabalha com seriedade, e não tem a mídia criando falsos méritos pra ele. Mas infelizmente Robinho se tornou uma espécie de queridinho da CBF e da patota jornalística, com Dunga era a mesma coisa, têm muitos interesses escrotos por trás disso, o cara não precisa nem jogar, sua convocação é sempre incontestável. Já sobre a nova seleção, é esperar mais um pouco para afirmar se o futebol-arte voltou mesmo, e é dureza ter que ouvir dos “especialistas” que a Espanha é o pârametro de como o Brasil deve jogar futebol, puts, como se a Espanha tivesse sido campeã com um futebol vistoso, como se ela tivesse tradição em jogar bonito, é foda.

  5. Thiago Amorim Says:

    Concordo com a parte do Lucio.
    Não me lembro de um zagueiro ter jogado tanta bola como ele jogou na Copa.

  6. Rogério Gueller TRI-Libertadores Says:

    Numa seleção q tem ricky tei-cheira como dono nada mais digno q ter dentro d campo um “capitão” do msmo nível!

    Tb faço parte do clube: “EU NÃO ME ILUDO COM MANO MEFEZES”

    podem esperar q a hora q a cobra começar a fumar ele vai incorporar o Rothismo!!! Mano Mefezes é um Trpattoni versão galinha-preta.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: